Sicília

Uma colônia grega do século 8 da era passada, a Sicília tem uma longa história de importância agrícola e na vinicultura. Seus vinhedos mais antigos podem ter sido a origem de plantas que avançaram por toda a Itália, dando origem talvez a algumas de suas mais nobres variedades. Quarta maior região produtora da Itália, a ilha foi uma grande fábrica de vinhos de volume e uma das primeiras regiões italianas a se entregar à produção plena de uvas internacionais. A grande mudança ocorreu nos últimos 10 anos, quando por iniciativas de enólogos de renome e famílias tradicionais as variedades clássicas começaram a ser recuperadas e regiões com características ímpares como a do Etna entraram para o rol das grandes zonas vinícolas do mundo.